terça-feira, 12 de março de 2013

Do meu tempo de criança

" Das muitas coisas do meu tempo de criança guardo vivo na lembrança o aconchego de meu lar
No fim da tarde, quando tudo se aquietava a família se ajuntava lá no alpendre a conversar.."
Padre Zezinho Utopia


Me esforço muito para ser presença na vida do meu filho, mesmo trabalhando tanto como eu ando. Se eu for para ele metade do que minha mãe foi para mim já estou no lucro. Tive a sorte de ter pais incríveis, com todos os seus defeitos, que nunca deixaram faltar o essencial para os filhos – amor.

Quando penso na minha infância tem gosto de :

. O boa noite da mamãe. Ela sempre ia no nosso quarto, dava um beijo de boa noite e nos cobria;
. Praia uma vez por ano. É, eu morava no interior de Minas e praia era apenas 1X no ano para contar o ano
. Sempre que meus pais viajavam na volta traziam um lembrança para cada um dos filhos, adorava ganhar a marmitinha de avião VARIG
. Domingo era dia de passear, sempre foi. Dia de pracinha, de ir na casa da vovó, de sorveteria tomar sorvete..
. Almoço na mesa. Parece ridículo, mas as famílias não almoçam mais na mesa. Na casa da mamãe o almoço sempre foi na mesa.
. De lençoes e toalhas macias e cheirosas. NUNCA fui a lugar nenhum que tivesse o mesmo cheiro e maciez, até hoje.
. Natal da grande família, mesa cheia e farta, crianças e presentes para todo lado.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Deixe seu comentário, diga que veio aqui - adoro segundas, terceiras ou muitas opiniões sobre tudo. Beijos!

Postar um comentário